Orientadores - MP Formação

  • Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992), mestrado em Química de Produtos Naturais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e doutorado em Química de Produtos Naturais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Glicobiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: 1) Interação celular mediada por carboidratos, 2 Isolamento e caracterização estrutural de glicoconjugados 3) Aplicação de espectroscopia de ressonância magnética nuclear na interação receptor-ligante 4)Papel de glicoconjugados na ontogênese e na oncogênese 5) Glico-imunologia de protozoários parasitos

  • Graduado em Fisioterapia (2000), mestrado (2003) e doutorado (2006) em Engenharia Biomédica pela COPPE/UFRJ e pós-doutorado no departamento de Anestesia e Terapia Intensiva do University Hospital Carl Gustav Carus da Technical University Dresden-Alemanha (2008). Cursou 1 ano da graduação em Matemática no Instituto de Matemática da UFRJ e 3 semestres na graduação em Física no Instituto de Física da UFRJ. Atualmente é Professor Adjunto II no Laboratório de Fisiologia da Respiração do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e Prof. do Corpo Permanente no Laboratório de Engenharia Pulmonar do Programa de Engenharia Biomédica do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (COPPE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Fisiologia e membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências (2012-2017). Tem experiência na área de Engenharia Biomédica, com ênfase em Engenharia Pulmonar, Modelagem Matemática de Sistemas Biológicos, Fisiologia da Respiração e Processamento de Sinais e Imagens Médicas, atuando em: mecânica da ventilação, trocas gasosas, medicina intensiva, ventilação mecânica, ventilação mecânica em anestesia, VILI/VALI e ARDS. Atualmente exerce atividade de chefia do Programa de Fisiologia e Biofísica Celular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho/UFRJ e atua tanto no Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Fisiologia) quanto no Programa de Engenharia Biomédica, orientando alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado e ministrando cursos.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989) e doutorado -sanduíche pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e o Biotechnology Research Institute (Montreal, Canada). Realizou parte do seu doutorado sanduíche em Montreal durante 3 anos nas áreas de biologia molecular, bioquímica de proteínas e enzimologia entre 1990-1993, no Biotechnology Research Institute e foi estudante da McGill University. Realizou estágio pós-doutoral de curta duração na London School of Tropical Medicine and Hygiene (Inglaterra) e no Wellcome Centre for Molecular Parasitology (Glasgow, Escócia) em 1996. Em 1997, tornou-se Professora Adjunta do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Foi coordenadora adjunta de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) da UFRJ de 2001-2003. Em 2008 realizou período sabático Wellcome Centre for Molecular Parasitology, na Universidade de Glasgow. Atualmente é Professora Associada do Instituto de Biofisica Carlos Chagas Filho, chefe do laboratório de pesquisa em Bioquimica e Biologia molecular de proteases e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) da UFRJ. A partir de 2014, é também Honorary Senior Lecturer da Universidade de Glasgow, Escócia. Suas linhas de pesquisa envolvem proteases e inibidores naturais de proteases de microorganismos patogênicos com ênfase em biologia celular, manipulação genética de parasitos e reposta inata a infecções por Trypanosoma cruzi, Leishmania e Trypanosoma brucei.

  • Bartira Rossi-Bergmann é biomédica, formada em 1981 pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP. Concluiu em 1982 o mestrado na London School of Hygiene and Tropical Medicine (Inglaterra), e em 1987 o doutorado na Brunel University (Inglaterra) sobre Imunologia da leishmaniose e da tripanossomose africana, respectivamente. Após dois anos como pesquisadora visitante na Fundação Oswaldo Cruz, em 1989 entrou por concurso público na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Em 1994, fez pós-doutoramento na Universidade de Toronto (Canadá) onde pesquisou a viabilidade de vacinas tolerogênicas em transplantes. Atualmente, é Professora Associada 4 no Instituto de Biofísica da UFRJ, onde é chefe do Laboratório de Imunofarmacologia. Orientou 20 dissertações de mestrado e 13 teses de doutorado em PG nível 7. Publicou 70 artigos científicos, 7 capítulos de livro, e tem 10 pedidos de patentes. É Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) e pesquisadora 1B do CNPq. Atualmente pesquisa novos fármacos e vacinas antileishmaniais e estratégias terapêuticas inovadoras visando sua fácil aplicação e redução de efeitos colaterais. Para tal, estão sendo desenvolvidos fármacos, adjuvantes e vacinas nanoestruturados para uso não-injetável e/ou de dose única. Desenvolve projetos de desenvolvimento tecnológico em parceria com empresas como GlaxoSmithKline, Sanofi-Aventis e IPT, e é membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica - INPeTAm. Tem experiência nas áreas de Parasitologia, Imunologia e Nanotecnologia, mais específicamente nanofármacos e nanovacinas.

  • Professor Associado e Chefe do Laboratório de Inflamação do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro. É Coordenador do Laboratório de Animais Transgênicos - LAT, membro da CEUA e Comissão de Biotérios da UFRJ e membro titular do CONCEA/MCTI. Foi Coordenador Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Fisiologia) da UFRJ (2011-2015) e bolsista Profix nível 4A (2002-2006) e 5A (2006-2008) e Jovem Cientista do Estado do Rio de Janeiro (2007-2009). Graduou-se em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e obteve o Doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1998). Realizou estágio de Pós-doutoramento no Brigham and Women´s Hospital - Harvard Medical School de dezembro de 1998 a abril de 2002 e foi Pesquisador Associado da Divisão de Biologia Celular do INCA de 2002 a 2006. É sócio da SBFTE, ASBMB, SBI e SBIn. Publicou 44 artigos em periódicos indexados e orientou 9 dissertações de mestrado e 5 teses de doutorado. Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Farmacologia Bioquímica e Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: câncer, leishmaniose, fosfolipase A2, mastócitos, eosinófilos, inflamação,prostaglandinas, terapia celular e diabetes.

  • Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1984), mestrado em Biologia (Biociências Nucleares) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1987) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991). Atualmente é Professora Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Fisiologia, com ênfase em Fisiologia Endócrina, atuando principalmente nos seguintes temas:regulação do eixo hipotálamo-hipófise-tireóide, mecanismo de ação e efeitos dos hormônios tireoideanos, homeostase energética e obesidade. Coordena o Curso de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (FISIOLOGIA) - UFRJ (nivel 7) e foi Presidente do Departamento de Tireóide da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (2013-2014).

  • Formado em Ciência Biológicas (1990), mestre em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz-FIOCRUZ (1995), doutor em Ciências pelo Instituto de Microbiologia Prof. Paulo de Góes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000), Pós-doutoramento no Laboratório de Imunofarmacologia do Departamento de Fisiologia e Farmacodinâmica do Instituto Oswaldo Cruz (2000-2002) e no Program of Cell Biology do National Jewish Medical and Research Center de Denver, Colorado, EUA (2002-2004). Atualmente atua como Professor Associado I do Programa de Imunobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Possui experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular, Imunoparasitologia e Imunomodulação atuando principalmente nos seguintes temas: doença de Chagas, leishmaniose, criptococose, apoptose e inflamação.

  • Prof. Caruso-Neves é Professor Associado IV do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Cientista do Nosso Estado/FAPERJ e Pesquisador 1B do CNPq. Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1989), mestrado (1992) e doutorado (1996) em Biofísica no IBCCF/Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou seu Pós-Doutorado na School of Medicine da Johns Hopkins University (2004-2006). Atualmente, Prof. Caruso-Neves é Vice-Diretor do IBCCF/UFRJ. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Fisiologia), conceito 7 na avaliação CAPES. É consultor ad hoc de inúmeras agências de fomento, membro de sociedades e academias científicas nacionais e internacionais, e revisor de vários periódicos internacionais de corpo editorial rígido. Em 2000 criou o Laboratório de Bioquímica e Sinalização Celular e, desde então, vem desenvolvendo projetos em hipertensão arterial, doença renal e a correlação entre estas enfermidades. Neste aspecto, são estudados os mecanismos moleculares envolvidos na gênese destas doenças procurando possíveis alvos onde novas terapias possam ser desenvolvidas. Em particular são abordadas questões correlacionadas com: 1) a regulação hormonal da excreção renal de sódio e sua implicação na regulação da pressão arterial; 2) a lesão túbulo intersticial induzida por albumina e os mecanismos moleculares envolvidos neste processo; 3) o papel do sistema renina-angiotensina na lesão renal e sua correlação com o desenvolvimento da hipertensão arterial primária; 4) a identificação de possíveis marcadores imunológicos e funcionais associados ao aumento da probabilidade do desenvolvimento da hipertensão.

  • Possui bacharelado em Ciências Biológicas com especialização em Farmacologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1998). Christianne fez seu pós-doutoramento na Harvard Medical School em Boston com o professor Peter F. Weller (2002). Para retornar ao Brasil foi agraciada pelo Programa de Fixação de Doutores (PROFIX) do CNPq e, atuando como pesquisadora na FIOCRUZ-RJ, Christianne recebeu seu primeiro Jovem Cientista da FAPERJ, além de um Edital Universal. Em 2006, Christianne assumiu como professora adjunta e pesquisadora PROFIX-Fase 2 do recém-criado Laboratório de Inflamação no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Christianne foi novamente Jovem Cientista do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) entre 2007 e 2009, período que também foi agraciada pelo edital Grupos Emergentes da FAPERJ como coordenadora. Em 2008, recebeu Produtividade em Pesquisa 1D do CNPq. Com relação a formação de pessoal especializado, 4 teses de mestrado e 4 de doutorado foram concluídas sob a sua orientação. A pesquisadora tem experiência na área de Imunofarmacologia, com ênfase em Imunologia Celular. Atualmente, é membro do Instituto Nacional de Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica - INPeTAm, atua como Editora Acadêmica do periódico PlosOne e compõe a Comissão Deliberativa da Pós-Graduação em Imunologia e Inflamação da UFRJ. Seu grupo de pesquisa é atualmente composto por 1 aluna de pós-doutorado, 2 candidatas ao doutorado (fazendo seleção), 2 alunos de doutorado, 5 alunos de mestrado e 3 alunos de IC , que sob a orientação principal de Christianne, estuda os mecanismos de ativação leucocitária com ênfase em eosinófilos. Os processos de síntese e ação de mediadores lipídicos (com destaque para a PGD2), secreção de citocinas e biogênese de organelas são seus alvos de investigação.

  • Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975), residência médica em Anatomia Patológica realizada no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo (IAMSP). Entrou na UFRJ no ano de 1978 compondo o quadro da Faculdade de Medicina/Serviço de Anatomia Patológica do HUCFF-UFRJ. Mestrado em Anatomia Patológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1981) e doutorado em Medicina (Dermatologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991). Realizou estágio de aperfeiçoamento em Patologia Ultra-estrutural no "Institut Pasteur" de Lyon, França (1980-1981). Foi professor associado (Pòs-Doutorado) no Albert Einstein College of Medicine - 1 ano (1992-1993) no Liver Research Center com o Prof. Marcos Rojkind onde aprendeu técnicas de Miologia Molecular, em particular, aperfeiçoando técnicas de Hibridização in situ. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Ciências Biomédicas. Tem experiência na área de Morfologia e Anatomia Patológica, com ênfase em Patologia Renal, Cardiovascular e Pulmonar, atuando principalmente nos seguintes temas: matriz extracelular, reparo e regeneração tecidual, terapias celulares e bioengenharia.

  • Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1981), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988) e Pós doutorado no NIMR de londres, UK (1991). Foi Vice Coordenadora do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho de Julho de 2011 à Fevereiro de 2013. Atualmente é Professora Associada IV da Universidade Federal do Rio de janeiro e Vice Presidente do Espaço Ciência Viva, um dos museus pioneiros de divulgação Científica do Brasil. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Química de Macromoléculas, atuando principalmente nos seguintes temas: defensinas de plantas, cardiopatias autominunes, controle de expressão gênica, divulgação científica e expressão de proteínas de interesse biotecnológico em sistemas heterólogos.

  • Possui graduação em Bacharelado Em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1985), Mestrado Em Ciências Físicas pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1988) e Doutorado Em Ciências Naturais - Technische Universität München (1995). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Biofísica, atuando principalmente nos seguintes temas: Microscopia de Força Atômica, Espectroscopia de Força e Ressonância de Plasmons de Superfície. As questões de interesse são, entre outras, nanotecnologia, as interações moleculares (entre proteínas e destas com DNA e membranas biológicas), propriedades elásticas e adesivas de superfícies e a interação de partículas virais com membranas.

  • Jean Remy Davée Guimarães Bacharel em Biologia Marinha pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), Mestre (1982) e Doutor (1992), em Ciências Biológicas, Biofísica, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuou como pesquisador em radioecologia marinha no Inst. de Radioproteção e Dosimetria da CNEN de 1982 a 1990, sendo responsável pelo programa de monitoração radiológica ambiental da central nuclear de Angra dos Reis. É professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (desde 1993, atualmente Associado IV), chefe do Laboratório de Traçadores W.C. Pfeiffer e coordenador do Programa de Biofisica Ambiental, Inst. de Biofísica Carlos Chagas Filho. É supervisor de radioproteçao do IBCCF e coordenador de Unidade Multi-usuário de radiometria que atende o IBCCF e outros usuarios do CCS. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: biogeoquimica de poluentes metálicos e organo-metálicos em solos e ambientes aquáticos, uso de traçadores em estudos de processos ambientais. Coordena ou participa de projetos multidisciplinares em biogeoquimica ou saúde ambiental com parceiros nacionais (UnB, UNIR, UFPA, PUC-Rio, UFF e UERJ) e internacionais ou multilaterais (CRDI, Canadá; IRD, França; UMSA, Bolívia; FUNSAD, Equador). Desde 2007 atua em divulgacao cientifica, como editor e autor na Ciencia Hoje e na Ciencia Hoje das Crianças e colunista mensal no site CHOnline (Coluna Planeta em Transe), entre outros. Publicou pela Editora Ciencia Hoje o livro Terra em Transe, 2012, em 2a edicao. É tambem artista visual (fotografia e desenho) e cozinheiro amador.

  • Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) com doutorado sanduíche no Comissariat à l'Energie Atomique de Grenoble (2000-2001). Atualmente é Professora Adjunta 4 da UFRJ, no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho. Tem experiência na área de Biofísica e Fisiologia, com ênfase em Enzimologia, atuando principalmente sobre a regulação do transporte ativo de íons como cálcio, cobre e sódio. Projeto principal é o estudo do efeito de diferentes hormônios e as vias de sinalização envolvidas na regulação da atividade da Cu(I)-ATPase de diferentes organismos, principalmente em mamíferos. Grande interesse nas vias de sinalização que regulam a homeostasia do cobre, cálcio e sódio.

  • Tem experiência na área de Biofísica , com ênfase em Biofísica Celular. Atuando principalmente nos seguintes temas: Trypanoso-matídeos, Acidocalcissomos, Microanálise de raios-X, Microscopia eletrônica, Imunocitoquímica.

  • Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (1989), mestrado em Fisiologia da Reprodução - Cornell University (1996), doutorado em Fisiologia da Reprodução - Cornell University (2000) e pós-doutorado em biotecnologia da reprodução - Cornell University (2002). Presidente da Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório de 2007 a 2009. Professor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua nas áreas de produção e criopreservação de gametas e embriões de roedores e fisiologia da reprodução. Atua também na área de ciência em animais de laboratório nos seguintes temas: produção e bem-estar de animais de laboratório. Foi representante do CNPq no Conselho Nacional de Controle da Experimentação Animal (CONCEA) entre 2009-2013 e é atualmente membro Ad Hoc. Responsável pela criação da Coordenação de Atividades com Modelos Biológicos Experimentais (CAMBE) da UFRJ onde coordena a Comissão de Ética no Uso de Animais do CCS, a Comissão Veterinária e o Laboratório de Ciência Animal.

  • Graduado em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e Pós-Doutorado Fisiologia Celular no Albert Einstein College of Medicine NY-USA (2008-2011). Em agosto de 2002 tornou-se Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Neurociências, Terapias Celulares, Células-Tronco, regeneração do sistema nervoso, Microscopia e Morfologia.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Protozoologia Parasitária Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia celular com ênfase no modelo do protozoário Toxoplasma gondii, ultraestrutura de protozoários parasitas (tripanosomatídeos, Giardia, etc). As metodologias mais aplicadas são a microscopia eletrônica de transmissão e de varredura com especial ênfase em reconstrução tridimensional e varredura de alta resolução. Ocupa o cargo de Secretária-Geral da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise para o biênio 2014-15.

  • Possui Bacharelado em Fisica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971), Mestrado em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1974) e Doutorado em Ciências (Física) pela Universite Libre de Bruxelles, Bélgica (1980). Atualmente é Professor Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Física, Físico-Química e Biofísica, com ênfase em Biofísica Molecular, Celular e de Sistema, atuando principalmente nos seguintes temas: sistemas biológicos, biologia estrutural, microscopia de força atômica, modelagem molecular, bioinformática, genômica e proteômica.

  • Possui graduação em Física pela Universidade Estadual de Londrina (1986), mestrado (1990) e doutorado (1996) em Física pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado em Biofísica Molecular na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (1998). Atualmente é professor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Tem experiência em Biofísica Molecular teórica e experimental. Atua em modelagem computacional e dinâmica molecular em enovelamento de proteínas, biomembranas, interações proteína-proteína e proteína-ligantes e planejamento de fármacos inibidores enzimáticos. Chefia o Laboratório de Modelagem e Dinâmica Molecular do IBCCF/UFRJ, é Cientista do Nosso Estado FAPERJ, coordenou a Área Interdisciplinar da CAPES e foi membro titular do Conselho Técnico e Científico do Ensino Superior de 2011 a 2014.

  • Possui graduação em Nutrição pela Universidade Federal Fluminense (1979), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e pós-doutorado em Terapia Celular em Doença de Chagas no Albert Einstein College of Medicine, Nova Iorque (2005). É Professor Associado IV da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Professora Avaliadora (Institucional e de Curso) do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES -INEP) Ministério da Educação. Atua na área de Fisiologia, com ênfase em Fisiologia Cardiovascular e Hepática, na área de Biologia Celular, com ênfase em cultivo celular, e na área de Bioengenharia Tecidual, com ênfase na geração de órgãos bio-artificiais. As áreas de destaque na pesquisa envolvem comunicação intercelular, células-tronco e terapias celulares em infarto do miocárdio, doença de Chagas, cardiopatia induzida por quimioterápicos e/ou por radiação ionizante, cirrose hepática, lesão hepática induzida por radiação ionizante e hepatectomia. Editou dois livros na área de células-tronco, além de mais de 10 capítulos de livros e mais de 40 artigos publicados em revistas de impacto internacional.

  • * Graduação Ciências Biológicas Universidade de Brasília (1988) * Mestrado em Biofísica - Farmacologia Molecular UFRJ (1991) * Doutorado em Biofísica - Neuroquímica UFRJ (1995) * PósDoutorado em Neurobiologia - Oxford e Cambridge UK (2001, 2003) * Colaboração CAPES-Grices Univ. Coimbra Setembro 2008-Julho 2009 Professor Associado III UFRJ,Ex-Coordenador do Programa de Neurobiologia (2009-2011) e Ex-Coordenador Adjunto de Pós Graduação em Biofísica (2010-2011), membro do Lab Neuroquímica Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Interesses: Sobrevida de neuronios periféricos e centrais, fatores tróficos gliais e sinalização de neurotransmissores em sistemas cerebrais. Sinalização neuro-glial, ação de canabinóides em modelos periféricos e centrais.

  • Possui graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e Pós Doutorado pelo Royal Free and University College Medical School Londres (2000-2002). Professor Associado IV lotado no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho na Universidade Federal do Rio de Janeiro. É chefe do Laboratório de Imunofisiologia e Vice- Presidente do Clube Brasileiro de Purinas. Foi Vice-diretor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho - IBCCF, coordenador adjunto do curso de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) , coordenador do Programa de Imunobiologia e presidente fundador do Clube Brasileiro de Purinas. Participa da equipe do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica (INPETAM). Além disso, é presidente do museu de ciências - Espaço Ciência Viva, e é orientador externo na área de ensino de Biociências e Saúde da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular e imunidade inata, atuando principalmente nos seguintes temas: sinalização purinérgica em doenças parasitárias e inflamatórias, sinais de perigo, imunomodulação e apoptose.

  • Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutorado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Fez Pós-Doutorado no Scripps Research Institute (California, EUA) sob a supervisão do Dr. Peter E. Wright. Atualmente, é professor associado I da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Biofísica, Biologia Molecular, Bioquímica e Biologia Estrutural, atuando principalmente nos seguintes temas: vírus da dengue, vírus da Hepatite C, enovelamento proteico, interactoma, interação vírus-célula, interações proteína-proteína e proteína-DNA, prospecção de inibidores antivirais, usando as técnicas de fluorescência, dicroísmo circular, ressonância magnética nuclear, espectrometria de massas e microcalorimetria. Atua também na área de Biotecnologia com experiência na expressão heteróloga de proteínas em bactéria e levedura. É coordenador do Mestrado Profissional de Formação para a Pesquisa Biomédica (MPT) do IBCCF e também coordena o Centro de Espectrometria de Massas de Biomoléculas (CEMBIO).

  • Rosane Silva, graduação em Biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela UFRJ e Fox Chase Cancer Center - EUA. É professora associada da UFRJ e orientador de mestrado e doutorado. Participou da Rede Nacional de Sequenciamento de DNA CNPqBrgene. Coordena projeto de inovação na área de genética e de produtos biotecnológicos. Coordenou o Programa de Biologia Molecular e Estrutural (2009 - 2011). Presidente da Comissão Interna de Biossegurança - CIBio (2006 -2013). Atualmente é coordenadora adjunta de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) da UFRJ e chefe do laboratório Metabolismo Macromolecular Firmino Torres de Castro. Participa do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica (INPeTAm). As linhas de pesquisa são nas áreas de diversidade genética de vírus, aspectos genéticos dos polimorfismos do hospedeiro e patógenos, análise da microbiota em amostras ambientais por sequenciamento de ultima geração e genética de tripanosomatídeos, com um foco especial em genômica funcional.

  • Possui graduação em Ciencias Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996). Desenvolveu projeto de pós-doc sobre a Biologia de cinetoplastídeos com bolsa de recém -doutor do CNPq no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (1997). Professora associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde 1997 atuando na graduação e como orientadora permanente da pós-graduação do Instituto de Biofísica desta instituição. Tem experiência na área de Parasitologia Geral com ênfase em Protozoologia de Parasitos, atuando principalmente nos seguintes temas: Biologia Celular de Toxoplasma gondii, seu processo de Encistamento e Interação com Diferentes Tipos Celulares, Identificação de Novos Compostos com atividade anti- Toxoplasma gondii e Palsmodium spp e Interação de microrganismos, como Bacteroides fragilis e células fagocíticas.

  • Possui graduação em Ciências Biologicas pela Universidade Federal de São Carlos (1978), mestrado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1982) e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1988). Atualmente é Professora Titular no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Limnologia e Ecotoxicologia, com ênfase em Ecologia de Fitoplancton, atuando principalmente nos seguintes temas: cianobactérias, cianotoxinas, bioacumulação e efeitos na saúde pública. Faz parte do INCT: Instituto Nacional para Pesquisa Translacional de Saúde e Ambiente na região Amazônica - INPeTAm, desde 2008 e é membro do comitê gestor do INPeTAM desde 2010.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) (1991) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995). Trabalha na área de Micologia, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia celular de fungos, busca de novos alvos antifúngicos, interação fungo-hospedeiro e microscopia eletrônica. Atualmente, é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Chefe do Laboratório de Biologia Celular de Fungos, no Instituto de Biofísica Carlos Filho. A partir de 2013, assumiu a chefia do Programa de Biologia Celular e Parasitologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, UFRJ. É pesquisador Nível 1C no CNPq e Cientista do Nosso Estado na FAPERJ.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidad de Alicante (1994-1998), Doutorado em Microbiologia pela Universidad Miguel Hernandez (1999-2004) e Pós-doutorado pelo Albert Einstein College Of Medicine (2004-2009). Trabalhou como pesquisadora do Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO-RJ). Atualmente é professor adjunto do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Micologia. Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) e Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2.

  • Possui Graduação em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (1986), Mestrado em Bioquímica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990) e Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Biologia Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: expressão e regulação gênicas de proteínas de choque térmico em Trypanosoma cruzi, reprogramação nuclear e células-tronco, polimorfismos e expressão gênicas em doenças cardiovasculares, e metagenômica de ambientes aquáticos e de solo. Faz parte da equipe do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na região Amazônica - INPeTAm.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1982) e doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988). Realizou os Pós-Doutorado no Dana-Faber Cancer Institute, Harvard Medical School (1994-1996). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, chefia o Laboratório de Parasitologia Molecular e é Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Biologia Molecular de parasitos e na sinalização celular de células infectadas por patógenos. Membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica INPeTAm, Atua principalmente nos seguintes temas: Leishmania, T. cruzi, GTPase, NF-kB e a via de sinalização dependente da cinase PKR.

  • Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1969), mestrado em Bioquímica e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1976) e doutorado em Bioquimica e Imunologia - Leeds University (LU), Inglaterra, 1981. Pós-doutorado na Universidade de Leicester, Inglaterra entre 1995-1997. Atualmente é prof Associado IV no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde leciona: Biologia Molecular nos cursos de graduação em Medicina e Ciências Biológicas (modalidade Biofísica); Tópicos em Bacteriologia nos cursos de graduação em Ciências Biológicas (modalidade Médica) e Ciências Biológicas (modalidade Biofísica); Regulação da expressão gênica em procariotos nos cursos de graduação em Ciências Biológicas (modalidade Médica) e de pós-graduação em Biofísica. Técnicas Básicas de Laboratório (Segurança Biológica) para a graduação em Ciências Biológicas (modalidade Médica). Co-responsável pela disciplina Eletroforese e Cromatografia, do curso de Mestrado profissional em Biofísica. Orienta Monografias de final de cursos de graduação, Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado e projetos de Pós-doutorado. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética Molecular de Microorganismos, Biologia Molecular, Biofísica Molecualr, Genômica e Proteômica e Lipidômica, atuando principalmente nos seguintes temas: Bactérias (Vibrio cholerae, outras especies de Vibrio, Gluconacetobacter diazotrophicus, Staphylococus sps e outras) e Parasitas.