Orientadores - Biofísica

  • Formado em Medicina pela Universidad Nacional de Rosario (1970), tem mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (1979) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982). Professor Adunto de Bioquímica da UFRJ 1982-1994. Professor Titular de Bioquímica 1994-1999. Professor Titular de Biofísica e Fisiologia 1999-2014. Foi Coordenador da Área de Ciências Biológicas II da CAPES (2005-2011). Desde 2003 é Diretor Científico do Programa de Oncobiologia da UFRJ. Desde 2013 é Diretor do CENABIO/UFRJ (Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem e Núcleo de Biologia Estrutural e Bioimagem da UFRJ). Tem experiência na área de Biofísica e Fisiologia, com ênfase em Biofísica de Processos e Sistemas. Seu principal campo de interesse científico é o estudo de fenômenos de transporte iônico através de membranas biológicas e de sua regulação em condições fisiológicas e patológicas. Mais recentemente, seu laboratório passou a investigar a potencialidade de terapias celulares em modelos experimentais de nefropatias. É Cientista do Nosso Estado (Rio de Janeiro), membro titular da Academia Brasileira de Ciências desde 2000 e comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico desde 2009.

  • Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992), mestrado em Química de Produtos Naturais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e doutorado em Química de Produtos Naturais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Glicobiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: 1) Interação celular mediada por carboidratos, 2 Isolamento e caracterização estrutural de glicoconjugados 3) Aplicação de espectroscopia de ressonância magnética nuclear na interação receptor-ligante 4)Papel de glicoconjugados na ontogênese e na oncogênese 5) Glico-imunologia de protozoários parasitos

  • Alfred Sholl-Franco possui graduação em Ciências Biológicas (Faculdades Maria Thereza), Especialização em Neurobiologia (UFF), Mestrado e Doutorado em Ciências Biológicas (Modalidade Biofísica, URFJ). Atualmente é Professor Associado I (UFRJ, IBCCF, Programa de Neurobiologia), Coordenador da Extensão no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (CATE, IBCCF, UFRJ) e do Ciências e Cognição - Núcleo de DIvulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC-NuDCEN), Editor-Chefe da revista eletrônica "Ciências e Cognição". Dedica-se à pesquisa básica em estudos sobre proliferação, diferenciação e morte celular no sistema nervoso e à pesquisa em Neuroeducação, nas áreas de corporeidade, Aprendizado, narrativa e arte. Tem experiência nas áreas de Neurociências, Divulgação Científica e Editoração Eletrônica, com ênfase nas sub-áreas de Neuroimunomodulação, Biologia Celular, Desenvolvimento, Regeneração no Sistema Nervoso e Educação/Divulgação Científica. Participa como Pesquisador Associado ao Laboratório de Neurogênese (IBCCF, UFRJ),onde desenvolve projetos de pesquisa nas áreas de neuroimunomodulação, neuroplasticidade, neurodegeneração e regeneração. Coordena o Núcleo de Estudos em Neurociências e Educação (Neuroeduc), onde desenvolve atividades de editoração, pesquisa em neuroeducação, aprendizagem, corporeidade, narrativa, artes e divulgação científica.

  • Tem experiência na área de Virologia e Genética, com ênfase em Retrovirologia, atuando principalmente nos seguintes temas: hiv-1, subtypes, genetically diverse, HIV, SIV, HCV, e resistencia a droga.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Genética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) (1992) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) (1997), ambos pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professor adjunto do IBCCF, UFRJ. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética Molecular e de Microrganismos, atuando principalmente nos seguintes temas: regulação da expressão gênica em resposta a alterações ambientais em bactérias, diversidade genética em bactérias.

  • Professora adjunta do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ) desde 2011, possui Bacharelado em Ciências - Microbiologia e Imunologia, pela UFRJ. Concluiu os cursos de Mestrado e Doutorado em Ciências (Microbiologia), também pela UFRJ. Foi Pesquisadora Visitante do Laboratório de Imunopatologia no Centro de Pesquisa René Rachou (FIOCRUZ/MG) e atualmente é bolsista de Pós-doutorado no exterior pelo CNPq, desenvolvendo seu projeto na Monash University, Melbourne, Austrália. Suas linhas de pesquisa tem como tema central a modulação de mecanismos inatos e adaptativos em resposta a infecção por patógenos. Sua formação é na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989) e doutorado -sanduíche pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e o Biotechnology Research Institute (Montreal, Canada). Realizou parte do seu doutorado sanduíche em Montreal durante 3 anos nas áreas de biologia molecular, bioquímica de proteínas e enzimologia entre 1990-1993, no Biotechnology Research Institute e foi estudante da McGill University. Realizou estágio pós-doutoral de curta duração na London School of Tropical Medicine and Hygiene (Inglaterra) e no Wellcome Centre for Molecular Parasitology (Glasgow, Escócia) em 1996. Em 1997, tornou-se Professora Adjunta do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Foi coordenadora adjunta de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) da UFRJ de 2001-2003. Em 2008 realizou período sabático Wellcome Centre for Molecular Parasitology, na Universidade de Glasgow. Atualmente é Professora Associada do Instituto de Biofisica Carlos Chagas Filho, chefe do laboratório de pesquisa em Bioquimica e Biologia molecular de proteases e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) da UFRJ. A partir de 2014, é também Honorary Senior Lecturer da Universidade de Glasgow, Escócia. Suas linhas de pesquisa envolvem proteases e inibidores naturais de proteases de microorganismos patogênicos com ênfase em biologia celular, manipulação genética de parasitos e reposta inata a infecções por Trypanosoma cruzi, Leishmania e Trypanosoma brucei.

  • Professor Adjunto do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002), mestrado em Parasitologia pela UFMG (2005) e doutorado em Ciências (Microbiologia) pelo Instituto de Microbiologia Prof Paulo de Góes (IMPG) da UFRJ, com período "sanduíche" na "University of Alabama at Birmingham" (UAB), Birmingham, AL - USA (2009). Realizou pós-doutorado no Departamento de Medicina, Divisão de Reumatologia da UAB. É bolsista CAPES/Programa Ciências sem Fronteiras, modalidade Atração de Jovens Talentos. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase no estudo do desenvolvimento de linfócitos B e ontogenia do repertório genético e de reatividades de imunoglobulinas naturais. Vem desenvolvendo projetos que visam o entendimento do papel dos genes evolutivamente conservados de imunoglobulinas e dos anticorpos naturais nos processos fisiológicos, infecciosos e de auto-imunidade.

  • Médico (1959), Doutor em Medicina (1961), Livre Docente de Física Biológica (1964) pela UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor Titular de Biofísica e Fisiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, UFRJ (1977), aonde desenvolveu a sua carreira científica com mais de 70 trabalhos originais publicados nos veículos especializados em biofísica celular do coração. Sub-Reitor de Ensino para Graduados e Pesquisa (1971-72) e Diretor do Instituto de Biofísica (1980-85) da UFRJ. Membro do Conselho Federal de Educação (1974-1980) e do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (1990-2). Professor Visitante encarregado de ministrar cursos em Eletrofisiologia Cardíaca em nível de pósgraduação na Columbia University (Department of Pharmacology, College of Physicians and Surgeons, New York) e no Harvard-MIT Health Sciences and Technology Program. Recebeu vários prêmios por sua atividade criativa, dentre eles a Medalha Pius XI da Academia de Ciências do Vaticano. Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Nacional de Medicina. Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico (Brasil), Doctor Honoris Causa da Universidad de Buenos Aires, Professor Emérito da UFRJ e Pesquisador Emérito do CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Fundou em 1983 e presidiu até 1990 a primeira empresa brasileira de biotecnologia vegetal (Biomatrix S.A., incorporada ao Grupo Agroceres em 1985). Fundador e presidente da ABRABI - Associação Brasileira de Empresas de Biotecnologia (1986-2006). Idealizador (1986-8), Secretário Geral (1988-1997) e Presidente (1997-2000) da Fundação Bio-Rio, gestora do Pólo de Biotecnologia do Rio de Janeiro. Fundador e controlador da AVFS Participações e Consultoria Ltda, empresa de captação de "venture capital" para o "start up" de empreendimentos de alta tecnologia no setor biomédico e farmacêutico. Fundador e Presidente da EXTRACTA Moléculas Naturais S/A (1998-presente). Membro Empresarial do Conselho Deliberativo do CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (2009 - 2011).

  • Bartira Rossi-Bergmann é biomédica, formada em 1981 pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP. Concluiu em 1982 o mestrado na London School of Hygiene and Tropical Medicine (Inglaterra), e em 1987 o doutorado na Brunel University (Inglaterra) sobre Imunologia da leishmaniose e da tripanossomose africana, respectivamente. Após dois anos como pesquisadora visitante na Fundação Oswaldo Cruz, em 1989 entrou por concurso público na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Em 1994, fez pós-doutoramento na Universidade de Toronto (Canadá) onde pesquisou a viabilidade de vacinas tolerogênicas em transplantes. Atualmente, é Professora Associada 4 no Instituto de Biofísica da UFRJ, onde é chefe do Laboratório de Imunofarmacologia. Orientou 20 dissertações de mestrado e 13 teses de doutorado em PG nível 7. Publicou 70 artigos científicos, 7 capítulos de livro, e tem 10 pedidos de patentes. É Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) e pesquisadora 1B do CNPq. Atualmente pesquisa novos fármacos e vacinas antileishmaniais e estratégias terapêuticas inovadoras visando sua fácil aplicação e redução de efeitos colaterais. Para tal, estão sendo desenvolvidos fármacos, adjuvantes e vacinas nanoestruturados para uso não-injetável e/ou de dose única. Desenvolve projetos de desenvolvimento tecnológico em parceria com empresas como GlaxoSmithKline, Sanofi-Aventis e IPT, e é membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica - INPeTAm. Tem experiência nas áreas de Parasitologia, Imunologia e Nanotecnologia, mais específicamente nanofármacos e nanovacinas.

  • Professor Associado e Chefe do Laboratório de Inflamação do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro. É Coordenador do Laboratório de Animais Transgênicos - LAT, membro da CEUA e Comissão de Biotérios da UFRJ e membro titular do CONCEA/MCTI. Foi Coordenador Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Fisiologia) da UFRJ (2011-2015) e bolsista Profix nível 4A (2002-2006) e 5A (2006-2008) e Jovem Cientista do Estado do Rio de Janeiro (2007-2009). Graduou-se em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e obteve o Doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1998). Realizou estágio de Pós-doutoramento no Brigham and Women´s Hospital - Harvard Medical School de dezembro de 1998 a abril de 2002 e foi Pesquisador Associado da Divisão de Biologia Celular do INCA de 2002 a 2006. É sócio da SBFTE, ASBMB, SBI e SBIn. Publicou 44 artigos em periódicos indexados e orientou 9 dissertações de mestrado e 5 teses de doutorado. Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Farmacologia Bioquímica e Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: câncer, leishmaniose, fosfolipase A2, mastócitos, eosinófilos, inflamação,prostaglandinas, terapia celular e diabetes.

  • Tem experiência em desenvolvimento e plasticidade do sistema nervoso, atuando principalmente nos temas neurogênese, desenvolvimento de circuitos neurais e desenvolvimento do córtex cerebral.

  • Formado em Ciência Biológicas (1990), mestre em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz-FIOCRUZ (1995), doutor em Ciências pelo Instituto de Microbiologia Prof. Paulo de Góes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000), Pós-doutoramento no Laboratório de Imunofarmacologia do Departamento de Fisiologia e Farmacodinâmica do Instituto Oswaldo Cruz (2000-2002) e no Program of Cell Biology do National Jewish Medical and Research Center de Denver, Colorado, EUA (2002-2004). Atualmente atua como Professor Associado I do Programa de Imunobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Possui experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular, Imunoparasitologia e Imunomodulação atuando principalmente nos seguintes temas: doença de Chagas, leishmaniose, criptococose, apoptose e inflamação.

  • Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular. Atualmente está desenvolvendo pesquisas nos seguintes temas: Imunologia tumoral, câncer, qui-mioterapia, resistência a múltiplas drogas (MDR), triterpenos, atividade tumoricida, quimioterapia e acido pomólico.

  • Possui bacharelado em Ciências Biológicas com especialização em Farmacologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1998). Christianne fez seu pós-doutoramento na Harvard Medical School em Boston com o professor Peter F. Weller (2002). Para retornar ao Brasil foi agraciada pelo Programa de Fixação de Doutores (PROFIX) do CNPq e, atuando como pesquisadora na FIOCRUZ-RJ, Christianne recebeu seu primeiro Jovem Cientista da FAPERJ, além de um Edital Universal. Em 2006, Christianne assumiu como professora adjunta e pesquisadora PROFIX-Fase 2 do recém-criado Laboratório de Inflamação no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Christianne foi novamente Jovem Cientista do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) entre 2007 e 2009, período que também foi agraciada pelo edital Grupos Emergentes da FAPERJ como coordenadora. Em 2008, recebeu Produtividade em Pesquisa 1D do CNPq. Com relação a formação de pessoal especializado, 4 teses de mestrado e 4 de doutorado foram concluídas sob a sua orientação. A pesquisadora tem experiência na área de Imunofarmacologia, com ênfase em Imunologia Celular. Atualmente, é membro do Instituto Nacional de Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica - INPeTAm, atua como Editora Acadêmica do periódico PlosOne e compõe a Comissão Deliberativa da Pós-Graduação em Imunologia e Inflamação da UFRJ. Seu grupo de pesquisa é atualmente composto por 1 aluna de pós-doutorado, 2 candidatas ao doutorado (fazendo seleção), 2 alunos de doutorado, 5 alunos de mestrado e 3 alunos de IC , que sob a orientação principal de Christianne, estuda os mecanismos de ativação leucocitária com ênfase em eosinófilos. Os processos de síntese e ação de mediadores lipídicos (com destaque para a PGD2), secreção de citocinas e biogênese de organelas são seus alvos de investigação.

  • Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975), residência médica em Anatomia Patológica realizada no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo (IAMSP). Entrou na UFRJ no ano de 1978 compondo o quadro da Faculdade de Medicina/Serviço de Anatomia Patológica do HUCFF-UFRJ. Mestrado em Anatomia Patológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1981) e doutorado em Medicina (Dermatologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991). Realizou estágio de aperfeiçoamento em Patologia Ultra-estrutural no "Institut Pasteur" de Lyon, França (1980-1981). Foi professor associado (Pòs-Doutorado) no Albert Einstein College of Medicine - 1 ano (1992-1993) no Liver Research Center com o Prof. Marcos Rojkind onde aprendeu técnicas de Miologia Molecular, em particular, aperfeiçoando técnicas de Hibridização in situ. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Ciências Biomédicas. Tem experiência na área de Morfologia e Anatomia Patológica, com ênfase em Patologia Renal, Cardiovascular e Pulmonar, atuando principalmente nos seguintes temas: matriz extracelular, reparo e regeneração tecidual, terapias celulares e bioengenharia.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas- modalidade Genética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996). Foi Visiting Scholar da University of Cincinnati, Ohio, USA (1990-1993). Sua área de trabalho desde a Pós-Graduação é Biologia Molecular de Vírus. Atualmente é professor associado no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Chefe do Laboratório de Biologia Molecular de Vírus. É líder de grupo no INCT "Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica -INPeTAm". Tem experiência na área de Virologia, atuando principalmente nos seguintes temas: poxvírus (virus vaccinia, Cantagalo, Cotia), interação vírus-células hospedeiras (fatores celulares envolvidos no ciclo viral, fatores de virulência e apoptose), agentes antivirais como ferramenta de estudo da expressão gênica viral.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado em Genética) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990) e Doutorado em Ciências pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995). Fez Pós-Doutorado em Genômica na USP (2005) e isolamento de proteínas de reparo de DNA no CEA-França (2008). É Professor Associado III da Universidade Federal do Rio de Janeiro (desde 1994) e Visiting Professor da Open University, UK, 2009-2011 e da Université de Nice Sophia Antipolis (2012-). Revisor ad hoc dos periódicos Genetics and Molecular Biology (GMB), Química Nova (Soc. Bras. Química), J Phys Conf Series, Biological Reviews (Cambridge Philosophical Society), Photochem Photobiol A:Chem, Archives of Dermatological Research, Microbial Ecology e Astrobiology. Consultor ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), da Pontifícia Universidade Católica de Brasília, Sociedade Brasileira de Dermatologia e do Ministério da Saúde para julgamento dos projetos em parceria com as FAP s Estaduais. Pesquisador e consultor da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). Líder de grupos de Pesquisa do CNPq, Coordenador de projetos no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron e Vice-Coordenador de convênio de cooperação internacional CNPq-GRICES e detentora de um Joint Project UK-Brazil com a Royal Society de Londres. Publicou 30 trabalhos em periódicos com corpo editorial rígido, mais de 150 comunicações em congressos, com 17 prêmios conquistados (7 nacionais e 10 internacionais). Examinou quase 80 teses em várias Universidades, orientou 36 alunos (IC, MSc e DSc), e atualmente responde pela orientação de 11 alunos de diferentes níveis. Tem experiência na área de Biofísica, com ênfase em Radio e Fotobiologia e Reparo de DNA e Mutagênese, coordenando uma grande linha de pesquisa intitulada "Mecanismos de Dano e Reparo de DNA: fundamentos e aplicações." Líder de dois Grupos de Pesquisa do CNPq: um na área denominada Astrobiologia, o AstroBio-Brazil e outro na área de dano e reparo de DNA.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1991), mestrado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e doutorado em Farmacologia pela Universidade de São Paulo (1999). Atualmente é professora associada I do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi contemplada com a bolsa "Cientista do Nosso Estado (CNE)" em 2015. Tem experiência na área de Imunologia e Farmacologia, com ênfase em Imunofarmacologia celular, atuando principalmente nos seguintes temas: sepse; choque séptico e imunossupressão; fibrose pulmonar; lesão cutânea de difícil cicatrização; migração e ativação celular principalmente de células dendríticas e Tregs; miosite. Em todas as linhas de pesquisa de seu laboratório, o grupo foca no estudo dos mediadores inflamatórios e na resposta celular como possível alvos terapêuticos.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro(1995), mestrado em Farmacologia pela faculdade de Medicina de Ribeirão Preto -Universidade de São Paulo(1997), doutorado em farmacologia pela faculdade de Medicina de Ribeirão Preto -Universidade de São Paulo(2001), pós-doutorado pela University of Michigan(2004) e pós-doutorado pela Université Pierre et Marie Curie(2013). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuando principalmente nos seguintes temas:IL-18, LTB4, migração, neutrófilo, ovalbumin.

  • O pesquisador possui graduação em Biologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1987), concluiu seu mestrado (1992) e doutorado (1998) pela pós-graduação em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professor associado do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Tem experiência na área de Fisiologia de insetos, com interesse em 2 grandes linhas de pesquisa: 1a linha de pesquisa - Caracterização de moléculas com propriedades antimicrobianas em diversos insetos como a barata Periplaneta americana e do veneno de formiga do genero Solenopsis . O grupo está envolvido na caracterização de moléculas com importante atividade animicrobiana ativas contra fungos, bacterias e protozoários (Trypanosoma cruzi). 2a linha de pesquisa - Caracterização de enzimas envolvidas na digestão no intestino de insetos utilizando como modelos: as baratas Periplaneta americana e Nauphoeta cinérea e também diversas espécies de cupim. Estamos caracterizando diferentes enzimas envolvidas na digestão destes insetos com particular ênfase nas carboidrases e proteases.

  • Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1981), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988) e Pós doutorado no NIMR de londres, UK (1991). Foi Vice Coordenadora do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho de Julho de 2011 à Fevereiro de 2013. Atualmente é Professora Associada IV da Universidade Federal do Rio de janeiro e Vice Presidente do Espaço Ciência Viva, um dos museus pioneiros de divulgação Científica do Brasil. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Química de Macromoléculas, atuando principalmente nos seguintes temas: defensinas de plantas, cardiopatias autominunes, controle de expressão gênica, divulgação científica e expressão de proteínas de interesse biotecnológico em sistemas heterólogos.

  • Tem experiência na área de Genética e Biologia Molecular com ênfase em Genética Molecular do Desenvolvimento e do Câncer utilizando técnicas clássicas e novas tecnologias ômicas.

  • Tem experiência na abordagem da interação de tripanosomatídeos com hospedeiros vertebrados e invertebrados, análise de aspectos da resposta inata do hospedeiro vertebrado, e papel de componentes da saliva dos vetores nestes mecanismos.

  • Estudo dos mecanismos de sinalização de dano ao DNA através de abordagens bioquímicas, genéticas e proteômicas.

  • Graduado em Ciências Biológicas pela UFRJ (2002), com Doutorado em Química Biológica pelo Instituto de Bioquímica Médica - UFRJ (2007) e pós doutorado no Weill Institute for Cell & Molecular Biology - Cornell University (2013). Ocupa atualmente a posição de Professor Adjunto no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho - UFRJ. Tem experiência no estudo dos mecanismos de sinalização de dano ao DNA através de abordagens bioquímicas, genéticas e proteômicas.

  • Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciências Biológicas (Imunologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983). Pós-doutorado no National Institute of Allergy and Infectious Diseases, NIH, MD, USA. Atualmente é professor titular de imunologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências do Terceiro Mundo. Corpo de revisores primarios - The Journal of Immunology, e revisor de mais de 40 revistas científicas internacionais. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular, atuando nos seguintes temas: apoptose, Trypanosoma cruzi, Leishmania, macrofagos, neutrófilos e ativacao de linfocitos T. Bolsista de Produtividade Senior do CNPq, a partir de 2015.

  • Possui graduação em Bacharelado Em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1985), Mestrado Em Ciências Físicas pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1988) e Doutorado Em Ciências Naturais - Technische Universität München (1995). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Biofísica, atuando principalmente nos seguintes temas: Microscopia de Força Atômica, Espectroscopia de Força e Ressonância de Plasmons de Superfície. As questões de interesse são, entre outras, nanotecnologia, as interações moleculares (entre proteínas e destas com DNA e membranas biológicas), propriedades elásticas e adesivas de superfícies e a interação de partículas virais com membranas.

  • Suas linhas de pesquisas são: 1. Desenvolvimento de vacinas contra leishmaniose cutânea pesquisando novos antígenos vacinais e empregando adjuvantes, vitaminas e sistemas de vetorização; 2. Avaliar a importância de serino proteases de Leishmania ssp; 3. Desenvolvimentos de novas terapias contra leishmaniose empregando imunoterapia e células tronco (nova linha de pesquisa).

  • Graduada em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-1999). Ingressou direto no doutorado no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) em Ciências Biológicas-Biofísica, pela UFRJ (2004). Durante o doutorado recebeu bolsa da CAPES permanecendo 1 ano na Universidade da Flórida (UF), em um dos maiores centros de produção de vetores de adenovírus associado. Os dois anos que se seguiram ao término do doutorado permitiram a implementação de toda a tecnologia de produção de vetores de AAV no núcleo de terapia gênica do IBCCF. Em seguida ingressou no pós-doutorado de 2 anos na UF, com enfoque clínico da aplicação da terapia gênica para doenças neurodegenerativas da retina. Hoje, professora adjunta do IBCCF na UFRJ, é especialista em terapia gênica, com ênfase em vetores de adenovírus associado, sabendo construir, produzir em larga escala e manipular. Sua expertise se estende também nas áreas de biologia celular, biologia molecular, genética, atuando principalmente nos seguintes temas: neurodegeneração, apoptose, retina, mecanismos de exclusão nuclear, fatores de transcrição, controle de expressão gênica, manipulação genética, doenças neurodegenerativas, células ganglionares e fotorreceptores.

  • Jean Remy Davée Guimarães Bacharel em Biologia Marinha pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), Mestre (1982) e Doutor (1992), em Ciências Biológicas, Biofísica, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuou como pesquisador em radioecologia marinha no Inst. de Radioproteção e Dosimetria da CNEN de 1982 a 1990, sendo responsável pelo programa de monitoração radiológica ambiental da central nuclear de Angra dos Reis. É professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (desde 1993, atualmente Associado IV), chefe do Laboratório de Traçadores W.C. Pfeiffer e coordenador do Programa de Biofisica Ambiental, Inst. de Biofísica Carlos Chagas Filho. É supervisor de radioproteçao do IBCCF e coordenador de Unidade Multi-usuário de radiometria que atende o IBCCF e outros usuarios do CCS. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: biogeoquimica de poluentes metálicos e organo-metálicos em solos e ambientes aquáticos, uso de traçadores em estudos de processos ambientais. Coordena ou participa de projetos multidisciplinares em biogeoquimica ou saúde ambiental com parceiros nacionais (UnB, UNIR, UFPA, PUC-Rio, UFF e UERJ) e internacionais ou multilaterais (CRDI, Canadá; IRD, França; UMSA, Bolívia; FUNSAD, Equador). Desde 2007 atua em divulgacao cientifica, como editor e autor na Ciencia Hoje e na Ciencia Hoje das Crianças e colunista mensal no site CHOnline (Coluna Planeta em Transe), entre outros. Publicou pela Editora Ciencia Hoje o livro Terra em Transe, 2012, em 2a edicao. É tambem artista visual (fotografia e desenho) e cozinheiro amador.

  • Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) com doutorado sanduíche no Comissariat à l'Energie Atomique de Grenoble (2000-2001). Atualmente é Professora Adjunta 4 da UFRJ, no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho. Tem experiência na área de Biofísica e Fisiologia, com ênfase em Enzimologia, atuando principalmente sobre a regulação do transporte ativo de íons como cálcio, cobre e sódio. Projeto principal é o estudo do efeito de diferentes hormônios e as vias de sinalização envolvidas na regulação da atividade da Cu(I)-ATPase de diferentes organismos, principalmente em mamíferos. Grande interesse nas vias de sinalização que regulam a homeostasia do cobre, cálcio e sódio.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas (Ecologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990), graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro e sócio efetivo da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo. Tem experiência na área de Biofísica, com ênfase em Biofísica Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: pcbs, ddt, poluição ambiental, organoclorados e metais pesados.

  • Tem experiência em estudos de Bioacumulação de metais-traço (p.ex. Hg, Cd e Sn) e substâncias tóxicas persistentes (p.ex. organoclorados) em ecossistemas aquáticos; e ecologia e conservação de mamíferos aquáticos.

  • Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1971), mestrado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975) e doutorado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1981). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Formação de pós-doutoramento no National Research Council of Canada, University of California-Berkeley, Université de Sciences et Technologies de Lille, France. Tem experiência na área de glicobiologia e química de carboidratos, com ênfase em métodos físico-químicos de análise como a espectrometria de massas e a espectroscopia de ressonância magnética nuclear. Tem experiência em química e bioquímica de estruturas de superfície de microrganismos, com ênfase em protozoários parasitas, especialmente em Trypanosoma cruzi.

  • Tem experiência na área de Biofísica, com ênfase em Biologia Celular, Parasitologia e Quimioterapia, atuando principalmente nos seguintes temas: Leishmania, Quimioterapia e Ultraestrutura.

  • Possui graduação em Licenciatura en Ciencias Biologicas - Universidad de Buenos Aires (2002), mestrado em Ciencias Biologicas pela Universidade de Buenos Aires (2002) e doutorado em Ciencias Biologicas pelo Instituto de biofísica Carlos Chagas Filho (2008).

  • Graduou-se em Química (1972) pelo Israel Institute of Technology (Technion). Realizou sua pós-graduação em Ciências Biomédicas na Universidade de Nova Iorque (1974-1978). Desenvolveu sua tese estudando a regulação das proteases do Sistema Complemento, um tema vinculado à area temática de imunologia. Após concluir seu doutorado em 1978, retornou ao país, vinculando-se ao Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho. Atualmente é Professor Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências. As pesquisas em Doença de Chagas foram impulsionadas por descobertas sobre estrutura e função biológica de cisteíno proteases (cruzipaína) do protozoário Trypanosoma cruzi, e pela subsequente descoberta da chagasina, uma nova classe de inibidores naturais de cisteíno-proteases. Durante a primeira década de 2000, demonstrou que o sistema calicreína-cinina tem um papel dicotômico na patogênese da doença de Chagas. Agindo em prol do T. cruzi, cininas liberadas pela cruzipaína aumentam a infectividade dos parasitas ao ativar receptores de bradicinina expressos por células cardiovasculares. Contrapondo-se a estes efeitos, a bradicinina estimula células sentinelas do sistema de defesa imunológico, contribuindo assim para a manutenção do equilíbrio da relação parasito/hospedeiro. Estendendo estas investigações para o âmbito de doença periodontal, sua equipe demonstrou que cininas geradas no exudato inflamatório promovem o enlace funcional entre imunidade inata e imunidade adaptativa. O estudo das funções do sistema calicreína-cinina no compartimento intralinfóide é uma nova vertente das pesquisas atualmente desenvolvidas em seu laboratório.

  • Tem experiência na área de Biofísica , com ênfase em Biofísica Celular. Atuando principalmente nos seguintes temas: Trypanoso-matídeos, Acidocalcissomos, Microanálise de raios-X, Microscopia eletrônica, Imunocitoquímica.

  • Tem interesse em estudos de biotecnologia e de sinalização celular, em particular que envolvam vias de nitro-oxidação e morte celular no contexto do diabetes e da obesidade. Ultimamente também dedica parte de seu tempo ao estudo de experimentação e analogias no ensino de biologia. As expressões que melhor contextualizam sua atividade cientìfica são: diabetes, obesidade, estresse oxidativo, superexpressão de proteínas, cultura de células, fisiologia endócrina e catecolaminas.

  • Possui graduação em História Natural pela Universidade Santa Úrsula (1971) e doutorado em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1976). Desenvolveu estágio pós-doutoral em Química de Carboidratos, utilizando a espectroscopia de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) (1977/78-National Research Council-Canadá); Glicobiologia (1978/1979-Departament of Biochemistry, University of California,Berkley,US);e Química de Proteínas (1987-1988-INSERM, França). Em 2011/2012 desenvolveu estágio sênior no exterior (CAPES, Brasil) sobre a caracterização de glicofenótipos por Espectroscopia de Massas. Foi agraciada com os prêmios: (1997) International Research Scholar, Howard Hughes Medical Institute; (2001) Ordem Nacional do Mérito Científico - Comendador, Governo Federal; (2004) L'Oréal-UNESCO Awards for Women in Science, Paris,França; (2007) Biology TWAS AWARD; (2011) Homenagem Especial Destaque Ciências Médicas -120 anos Jornal do Brasil, Academia Brasileira de Letras. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (desde 1992); Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências (desde 1996); Membro Titular da TWAS-Academia de Ciências dos Países do Mundo em Desenvolvimento, desde 2008).Tem experiência na área de glicobiologia e bioquímica de microrganismos, com ênfase em tripanosomatídeos, fungos e bactérias endofíticas fixadoras de nitrogênio, e na caracterização de glicofenótipos por espectrometria de massas (glicoma) e espectroscopia de RMN.

  • Formada em Ciências Biológicas, com Bacharelado em Genética (UFRJ). Possui Mestrado em Bioquímica (IQ-UFRJ) e Doutorado em Ciências Biológicas - Biofísica (IBCCF) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Desenvolveu parte do Doutorado na University of Cambridge, na Inglaterra. Foi Pesquisadora Junior contratada pelo Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer em 1999, em São Paulo. De volta ao Rio de Janeiro, foi Pesquisadora FAPERJ (Programa Fixação de Pesquisador). Atualmente é Professora Associada 1 do Programa de Neurobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. É coordenadora de grupo de pesquisa Estresse de Retículo Endoplasmático e Câncer no Programa de Oncobiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É bolsista de CNPq nível 2. É orientadora de teses de doutorado e mestrado na Pós-Graduação em Ciências Biológicas - Biofísica (CAPES 7).do IBCCF da UFRJ. Tem experiência na área de Biologia celular, com ênfase em sinalização celular (proteínas cinases, fatores de transcrição, chaperonas), morte celular e mitose. Atua principalmente nos seguintes temas: neurodegeneração, câncer, desenvolvimento da retina, resposta celular ao estresse e vias de resposta à proteínas desenoveladas.

  • Hi, I am a researcher in computational biology and my story starts at the Federal University of Würzburg (2002), where graduated in biology (major: biochemistry, genetics & neurobiology, virology & immunology, minor: computer science). My PhD studies were supported by the Ernst Schering Research Foundation, and I studied specialized algorithms for multiple sequence alignments at Bielefeld University and at the Free University of Amsterdam. The German Academic Exchange service funded my post-doctoral studies at the University Pompeu Fabra, where I started to work on genomics and (alternative) splicing. I followed these research lines at the newly created Center for Genomic Regulation in Barcelona, supported by a young reseacher grant by the Spanish Ministry of Education and Science. Afterwards, I started my first group in Functional Bioinformatics at the Spanish National Sequencing Center, focusing on all aspects of functional elements as assessed by novel sequencing technologies. Since 2013 I located to Brazil, where I researched at the National Center for Computational Science before joining the Biophysics Institute Carlos Chagas Filho at the Federal University of Rio de Janeiro. The research in my lab focuses on functional genomics and transcriptomics in general. Cheers

  • Possui graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1988), mestrado em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991), doutorado em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e pós-doutorado nos National Institute of Health (EUA, 1999-2000). É professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde 1997 e Professora Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ a partir de 2015. Atua como Vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Imunologia e Inflamação da UFRJ desde 2012. Atualmente é pesquisadora 1C do CNPq, Cientista do Nosso Estado da FAPERJ e membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Imunologia desde 2014.Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular, atuando principalmente nos seguintes temas: mecanismos de apoptose, infeccão pelo Trypanosoma cruzi, ativação de linfocitos T. Outras informações: http://www.researcherid.com/rid/E-2201-2012

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Federação da Faculdades Celso Lisboa (1989), mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1994) e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1999). Atualmente é Prof. Associado I no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro, orientador de Doutorado e Mestrado. Pesquisador Nível 2 do CNPq e Cientista de Nosso Estado (FAPERJ). Tem experiência na área de Biofísica, com ênfase em Sistemas de Sinalização Celular, atuando principalmente nos seguintes temas:transporte iônico, lipídios bioativos, lipídio cinases, membranas biológicas, sinalização celular, além de uma experiência anterior em parasitologia, principalmente Trypanosoma cruzi e quimioterapia contra Doença de Chagas, além de aspectos da sinalização da interação parasita/célula hospedeira e biologia celular de protozoários de vida livre. Atualmente tem como principais linhas de pesquisa o efeito parácrino de células tronco sobre células renais em modelos in vivo e in vitro de algumas doenças renais de interesse. A participação de moléculas bioativas - com enfase nos lipídios bioativos - no processo de reparo tecidual é explorada atualmente em diferentes linhas no Laboratório.

  • Graduado em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e Pós-Doutorado Fisiologia Celular no Albert Einstein College of Medicine NY-USA (2008-2011). Em agosto de 2002 tornou-se Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Neurociências, Terapias Celulares, Células-Tronco, regeneração do sistema nervoso, Microscopia e Morfologia.

  • Possui graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde tem sua linha de pesquisa centrada na área de Biofísica, com ênfase em Biofísica Celular e Biologia Molecular. Atua principalmente nos seguintes temas: a) Expressão Gênica de transportadores iônicos no epitélio renal e pulmonar; Terapias Celulares (células tronco) em modelos de doenças renais e pulmonares; c) Terapia Gênica em modelos animais utilizando vetores virais e não virais (nanopartículas). Seus resultados de pesquisa pré-clinica já estão em fase de testes em seres humanos, tal como como ocorre com a terapia utilizando células tronco derivadas de medula óssea para o tratamento da silicose pulmonar, asma, enfisema, glomeruloesclerose segmentar e focal (pesquisa clínica fase I). Tem importante atuação na política científica Nacional e Internacional: É atual Secretário Geral e Ex-Presidente da Federação Latino Americana de Sociedades de Biofísica (LAFeBS), Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Biofísica (SBBf), Ex-Coordenador do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA) do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI), Ex-Presidente da Comissão de Ética com Animais da UFRJ, Ex-Membro do Conselho da União Internacional de Biofísica (IUPAB), Presidente Eleito da IUPAB (para mandato 2017-2020), Atual Coordenador do Programa de Pós-Graduação Latino Americano de Biofísica (POSLATAM - ligado a IUPAB), Ex-Secretário da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESBE), Ex-Secretário da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). É atual Diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde do CNPq.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Protozoologia Parasitária Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia celular com ênfase no modelo do protozoário Toxoplasma gondii, ultraestrutura de protozoários parasitas (tripanosomatídeos, Giardia, etc). As metodologias mais aplicadas são a microscopia eletrônica de transmissão e de varredura com especial ênfase em reconstrução tridimensional e varredura de alta resolução. Ocupa o cargo de Secretária-Geral da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise para o biênio 2014-15.

  • Tem experiência no estudo da estrutura de nanocristais de origem biogênica como os minerais do osso, esmalte dentário e otólitos; o estudo de aspectos de multicelularidade expressos por organismos multicelulares magnetotácticos; o estudo da especificidade e diversidade de óxidos e sulfetos de ferro produzidos por microrganismos magneto-tácticos e a mineralização in vitro de carbonatos de cálcio na presença de molécu-las extraídas de tecidos mineralizados (otólitos).

  • Possui graduação em Ciências Biológicas Licenciatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e pós-doutorado pela Fiocruz Paraná em Biologia Molecular (2003). Além disso, possui pós-graduação lato-sensu em Filosofia Contemporânea, Filosofia das Diferenças e Filosofia Antiga pela PUCRio. Atualmente é professor associado do Laboratório de Ultraestrutura Celular Hertha Meyer do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Atua principalmente na área de Parasitologia, onde utiliza protozoários tripanosomatídeos como modelo de estudo através de abordagem celular, bioquímica e molecular. Principais linhas de pesquisa: 1 - Tripanosomatídeos monoxênicos que contêm bactéria simbiótica como modelo de estudo para a evolução celular 2 - Caracterização do cinetoplasto de tripanosomatídeos através de estudos quimioterápicos e do mecanismo de replicação do kDNA.

  • Possui graduação em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Atualmente é Prof. Adjunto II do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ) vinculada ao Lab. de Neurogênese do Prog. de Neurobiologia e bolsista de Produtividade de Pesquisa nível 2. Tem experiência na área de Neurobiologia Celular e Molecular, com ênfase no desenvolvimento do Sistema Nervoso, atuando principalmente nos seguintes temas: sinalização celular, neuroproteção, controle de proliferação celular no desenvolvimento do sistema nervoso e ação de moléculas sinalizadoras extracelulares, em especial neuropeptídeos.

  • Se formou em Ciências Biológicas (Biologia Marinha) pela UFRJ (1994), fez mestrado em Oceanografia Biológica pela FURG (1996) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela UFRJ (2001). Fez 1 ano de pós-doutorado em Biologia molecular Ambiental na Fiocruz (2002) e 2 anos na Università del Piemonte Orientale na Itália (2004). Atualmente é professor adjunto do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenador do Laboratório de Biologia Molecular Ambiental (BioMA). Tem experiência na área de Ecologia e Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular, estudando relações entre genes e ambientes em organismos aquáticos. Suas principais linhas de pesquisa são mecanismos de toxicidade de contaminantes ambientais, genômica de invertebrados, metagenômica de ambientes aquáticos e uso de modelos não tradicionais em pesquisa biomédica. É empreendedor na área de Biotecnologia desenvolvendo inovação com a empresa Bio Bureau. Está profundamente envolvido com educação a distância e divulgação científica. É autor do blog 'Você que é biólogo..." (http://scienceblogs.com.br/vqeb) com centenas de textos publicados e milhares de acessos. Participa do INCT/INPTAm.

  • Bacharel em Ecologia pelo Instituto de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), Mestre em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983) e Doutor em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993). Atualmente é Professora Associada IV do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua em Ensino semi-presencial desde 2000, é coordenadora de Biologia Celular no curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do CEDERJ. Cientista do Nosso Estado FAPERJ desde 2007. Tem experiência na área de Morfologia, com ênfase em Citologia e Biologia Celular, atuando principalmente nos seguintes temas: fracionamento celular, microscopia eletrônica, tomografia eletrônica, protozoologia de parasitos, endocitose, análise proteômica.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo - USP (1984-1989), doutorado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (1990-1995), pós-doutorado em Bioquímica pela Catholic University of Louvain - UCL e Christian de Duve Institute of Cellular Pathology - ICP (1995-1997) e pós-doutorado em Biologia Molecular pela University of Oklahoma Health Sciences Center - OUHSC (2005-2007). Atualmente é Professor Associado II da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Tem experiência na área de Microbiologia, Bioquímica e Biologia Molecular de Microrganimsos, com ênfase em Glicobiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: mecanismos de biossíntese de esfingolipídios, O-glicanas e de âncoras de glicosilfosfatidilinositol em tripanossomatídios.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (1982), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991). Realizou Pós-doc na Universidade do Sul da Dinamarca no Depto. de Medicina Ambiental. Sua experiência tem enfase em Contaminação Ambiental e Humana Por Metais Pesados e Micropoluentes Orgânicos Persistentes, atuando principalmente em ambientes aquáticos mas com atenção especial nas vias de acesso de micropoluentes ao homem. Vice coordenador do INCT de Pesquisa translacional em Saüde e Ambiente na Amazônia (INPeTAm). Membro do CA de Ecologia e Limnologia do CNPq. Professor Titular, Chefe do Laboratório de Radioisótopos Eduardo Penna Franca e ex-Diretor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ.

  • Possui Bacharelado em Fisica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971), Mestrado em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1974) e Doutorado em Ciências (Física) pela Universite Libre de Bruxelles, Bélgica (1980). Atualmente é Professor Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Física, Físico-Química e Biofísica, com ênfase em Biofísica Molecular, Celular e de Sistema, atuando principalmente nos seguintes temas: sistemas biológicos, biologia estrutural, microscopia de força atômica, modelagem molecular, bioinformática, genômica e proteômica.

  • Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2000, UFRRJ), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008, UFRJ). Foi, de 04 de janeiro a 12 de abril de 2014, Professor Visitante do Laboratório de Oceanologia, da Universidade de Liége (ULg, Liége, Bélgica), onde desenvolveu também seu pós-doutorado de 01/01 a 31/12/2015. Desde setembro de 2009 é Professor Adjunto da UFRJ. Atualmente é orientador de mestrado e doutorado dos Cursos de Pós-Graduação em Biotecnologia do INMETRO e em Ciências Biológicas (Biofísica) do IBCCF-UFRJ. É também revisor dos periódicos científicos Environmental Science & Technology, Science of the Total Environment, Chemosphere, Marine Ecology Progress Series, Environmental Pollution, Comparative Biochemistry and Physiology (B, C), Environmental Health, Continental Shelf Research, Veterinary Medicine International, Marine Pollution Bulletin, Ecotoxicology and Environmental Safety, Plos One, Ecological Indicators, Environment International, Environmental Research e Archives of Environmental Contamination and Toxicology, além de consultor ad hoc da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) desde 2009.

  • Possui graduação em Física pela Universidade Estadual de Londrina (1986), mestrado (1990) e doutorado (1996) em Física pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado em Biofísica Molecular na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (1998). Atualmente é professor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Tem experiência em Biofísica Molecular teórica e experimental. Atua em modelagem computacional e dinâmica molecular em enovelamento de proteínas, biomembranas, interações proteína-proteína e proteína-ligantes e planejamento de fármacos inibidores enzimáticos. Chefia o Laboratório de Modelagem e Dinâmica Molecular do IBCCF/UFRJ, é Cientista do Nosso Estado FAPERJ, coordenou a Área Interdisciplinar da CAPES e foi membro titular do Conselho Técnico e Científico do Ensino Superior de 2011 a 2014.

  • Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007), doutorado em Ciências Morfológicas pelo Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ (2010) e pós-doutorado na Université Laval (Québec, Canadá). Tem experiência nas áreas de Terapias Celulares e Neuroinflamação, particularmente em modelos animais de doenças cerebrovasculares. Atualmente é Professor Adjunto A do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ.

  • Sou Bacharel e Mestre em Física (UFMG) e Doutor em Ciências Biológicas - Biofísica (UFRJ). Desde 1978 sou Professor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ onde atualmente sou Professor Titular, chefe do Laboratório de Imunobiofísica e co-coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica - INPeTAm. As linhas de pesquisa de nosso grupo de pesquisa situam-se nas áreas de Imunologia, Biofísica e suas interseções. Atualmente estas linhas estão focadas na caracterização biofísica, molecular e funcional de receptores de nucleotídeos (P2), canais iônicos e mecanismos de transporte presentes em células do sistema imune e no estudo dos mecanismos de indução de morte celular empregados por linfócitos citotóxicos. Partindo de aspectos básicos, como a identificação de moléculas secretadas por linfócitos citotóxicos, a caracterização biofísica e farmacológica de mecanismos de transporte transmembrana ativados por agonistas de receptores P2X7 em macrófagos e a análise de vias de sinalização relevantes, almejamos conseguir desenvolver novas estratégias de imunomodulação que nos permitam interferir em modelos experimentais de processos imuno-patologicos, aproximando a pesquisa básica da pesquisa clínica a partir de uma visão imunobiofísica. Além das atividades de pesquisa e ensino de graduação e pós-graduação, dedico-me também a atividades de extensão no campo da divulgação científica, colaborando com as atividades do museu interativo de ciências "Espaço Ciência Viva" do qual sou co-fundador e ex-presidente. Sou autor ou co-autor de 69 artigos científicos, que foram citados mais de 2.200 vezes por outros autores na literatura especializada, e orientei 10 teses de Doutorado, 16 de Mestrado e 11 monografias de graduação. Supervisionei as atividades de pesquisa de 5 pós-doutorandos e introduzi ao ambiente de pesquisa mais de 60 estudantes de Iniciação Científica, Especialização e Extensão (dados de 04/2015).

  • Graduado em Medicina (1975) e Doutor em Ciências Biológicas (Biofísica, 1979), ambos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, fez pós-doutorado na Universidade de Oxford (1980-1982). Atualmente é Professor Titular da UFRJ (desde 1994), Chefe do Laboratório de Neurogênese (desde 1985) e foi Diretor do Instituto de Biofísica da UFRJ (2004-2007). Pioneiro, no Brasil, na pesquisa básica em neurodegeneração e neuroproteção, criou e coordena a Rede de Terapia Gênica. Atua nas áreas de Neurociências, Fisiologia Celular e Biologia do Desenvolvimento. As principais linhas de pesquisa de seu grupo incluem Fundamentos de Terapia Gênica para Neurodegeneração e Biologia de prions. É Pesquisador 1A do CNPq, Cientista do Nosso Estado da FAPERJ, membro titular da Academia Brasileira de Ciências, da Academia de Medicina do Rio de Janeiro, da Academia de Ciências da América Latina e da TWAS. Foi Fellow da John Simon Guggenheim Foundation. Recebeu da Sociedade Brasileira de Neurocências e Comportamento (SBNeC) o Prêmio Cesar Timo-Iaria pelo conjunto de suas contribuições às Neurociências e foi condecorado pela Presidência da República com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007), com estágio e doutorado sanduiche no Laboratoire de Chimie et Biologie des Métaux (CEA, Grenoble, França) (2004-2007). Tem experiência na área de Biofísica, com ênfase em Biofísica Celular, atuando principalmente nos seguintes temas: cinética e regulação do transporte ativo de íons através de membranas biológicas e sinalização celular. Professor Adjunto do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho a partir de 2010.

  • Possui graduação em Nutrição pela Universidade Federal Fluminense (1979), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e pós-doutorado em Terapia Celular em Doença de Chagas no Albert Einstein College of Medicine, Nova Iorque (2005). É Professor Associado IV da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Professora Avaliadora (Institucional e de Curso) do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES -INEP) Ministério da Educação. Atua na área de Fisiologia, com ênfase em Fisiologia Cardiovascular e Hepática, na área de Biologia Celular, com ênfase em cultivo celular, e na área de Bioengenharia Tecidual, com ênfase na geração de órgãos bio-artificiais. As áreas de destaque na pesquisa envolvem comunicação intercelular, células-tronco e terapias celulares em infarto do miocárdio, doença de Chagas, cardiopatia induzida por quimioterápicos e/ou por radiação ionizante, cirrose hepática, lesão hepática induzida por radiação ionizante e hepatectomia. Editou dois livros na área de células-tronco, além de mais de 10 capítulos de livros e mais de 40 artigos publicados em revistas de impacto internacional.

  • * Graduação Ciências Biológicas Universidade de Brasília (1988) * Mestrado em Biofísica - Farmacologia Molecular UFRJ (1991) * Doutorado em Biofísica - Neuroquímica UFRJ (1995) * PósDoutorado em Neurobiologia - Oxford e Cambridge UK (2001, 2003) * Colaboração CAPES-Grices Univ. Coimbra Setembro 2008-Julho 2009 Professor Associado III UFRJ,Ex-Coordenador do Programa de Neurobiologia (2009-2011) e Ex-Coordenador Adjunto de Pós Graduação em Biofísica (2010-2011), membro do Lab Neuroquímica Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Interesses: Sobrevida de neuronios periféricos e centrais, fatores tróficos gliais e sinalização de neurotransmissores em sistemas cerebrais. Sinalização neuro-glial, ação de canabinóides em modelos periféricos e centrais.

  • Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1971) e Doutor (PhD) em Ciências Biológicas (Fisiologia) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho/ UFRJ (1976). Foi Visiting Research Fellow na Universidade de Princeton, USA (1978-1980), Research Scientist do NIMH/NIH, USA (1990-1992) e Professor Titular de Neurociências da UFRJ (1993). Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências 1995, Comendador (1996) e Grã Cruz (2000) da Ordem do Mérito Científico da Presidência da República, Brasil. Diretor da Academia de Ciências de 1995 a 2004. Atualmente é Professor Emérito da UFRJ. Tem experiência na área de Fisiologia, com ênfase em Neurofisiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: córtex visual, córtex extraestriado, areas visuais, conexões, topografia e propriedades funcionais. Tem 80 artigos publicados, com 3.775 citações (Google Scholar - R. Gattass, em 09/03/2015: http://scholar.google.com.br/citations?user=7LHwvxsAAAAJ), Índice H=30, Índice i10=48).

  • Possui graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e Pós Doutorado pelo Royal Free and University College Medical School Londres (2000-2002). Professor Associado IV lotado no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho na Universidade Federal do Rio de Janeiro. É chefe do Laboratório de Imunofisiologia e Vice- Presidente do Clube Brasileiro de Purinas. Foi Vice-diretor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho - IBCCF, coordenador adjunto do curso de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) , coordenador do Programa de Imunobiologia e presidente fundador do Clube Brasileiro de Purinas. Participa da equipe do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica (INPETAM). Além disso, é presidente do museu de ciências - Espaço Ciência Viva, e é orientador externo na área de ensino de Biociências e Saúde da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular e imunidade inata, atuando principalmente nos seguintes temas: sinalização purinérgica em doenças parasitárias e inflamatórias, sinais de perigo, imunomodulação e apoptose.

  • Tem experiência em biologia celular, molecular e na utilização de animais transgênicos. Principais interesses científicos: Mecanismos moleculares de controle da proliferação e ciclo celular durante o desenvolvimento e na tumorigênese do sistema nervoso.

  • Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética Molecular Humana, atuando principalmente nos seguintes temas: Genética Forense e Uso de Marcadores Moleculares polimorficos para Estudos de Populacionais.

  • Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutorado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Fez Pós-Doutorado no Scripps Research Institute (California, EUA) sob a supervisão do Dr. Peter E. Wright. Atualmente, é professor associado I da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Biofísica, Biologia Molecular, Bioquímica e Biologia Estrutural, atuando principalmente nos seguintes temas: vírus da dengue, vírus da Hepatite C, enovelamento proteico, interactoma, interação vírus-célula, interações proteína-proteína e proteína-DNA, prospecção de inibidores antivirais, usando as técnicas de fluorescência, dicroísmo circular, ressonância magnética nuclear, espectrometria de massas e microcalorimetria. Atua também na área de Biotecnologia com experiência na expressão heteróloga de proteínas em bactéria e levedura. É coordenador do Mestrado Profissional de Formação para a Pesquisa Biomédica (MPT) do IBCCF e também coordena o Centro de Espectrometria de Massas de Biomoléculas (CEMBIO).

  • Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985). Atualmente é professora titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Neurociências com ênfase em desenvolvimento e plasticidade do sistema nervoso, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento, migração, neurogênese, células tronco, terapias celulares, doenças neurodegenerativas.

  • Rosane Silva, graduação em Biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela UFRJ e Fox Chase Cancer Center - EUA. É professora associada da UFRJ e orientador de mestrado e doutorado. Participou da Rede Nacional de Sequenciamento de DNA CNPqBrgene. Coordena projeto de inovação na área de genética e de produtos biotecnológicos. Coordenou o Programa de Biologia Molecular e Estrutural (2009 - 2011). Presidente da Comissão Interna de Biossegurança - CIBio (2006 -2013). Atualmente é coordenadora adjunta de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Biofísica) da UFRJ e chefe do laboratório Metabolismo Macromolecular Firmino Torres de Castro. Participa do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica (INPeTAm). As linhas de pesquisa são nas áreas de diversidade genética de vírus, aspectos genéticos dos polimorfismos do hospedeiro e patógenos, análise da microbiota em amostras ambientais por sequenciamento de ultima geração e genética de tripanosomatídeos, com um foco especial em genômica funcional.

  • Possui graduação em Ciencias Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996). Desenvolveu projeto de pós-doc sobre a Biologia de cinetoplastídeos com bolsa de recém -doutor do CNPq no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (1997). Professora associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde 1997 atuando na graduação e como orientadora permanente da pós-graduação do Instituto de Biofísica desta instituição. Tem experiência na área de Parasitologia Geral com ênfase em Protozoologia de Parasitos, atuando principalmente nos seguintes temas: Biologia Celular de Toxoplasma gondii, seu processo de Encistamento e Interação com Diferentes Tipos Celulares, Identificação de Novos Compostos com atividade anti- Toxoplasma gondii e Palsmodium spp e Interação de microrganismos, como Bacteroides fragilis e células fagocíticas.

  • Possui graduação em Ciências Biologicas pela Universidade Federal de São Carlos (1978), mestrado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1982) e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1988). Atualmente é Professora Titular no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Limnologia e Ecotoxicologia, com ênfase em Ecologia de Fitoplancton, atuando principalmente nos seguintes temas: cianobactérias, cianotoxinas, bioacumulação e efeitos na saúde pública. Faz parte do INCT: Instituto Nacional para Pesquisa Translacional de Saúde e Ambiente na região Amazônica - INPeTAm, desde 2008 e é membro do comitê gestor do INPeTAM desde 2010.

  • Possui Graduação em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de São Paulo (1975), Mestrado em Histologia e Embriologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983), Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991) com estágio sanduíche na Universidade de Yale, EUA, e Pós-Doutorado pela Rice University, EUA (1996) e pelo Wellesley College, EUA (2008). Em 2005 foi bolsista de Intercâmbio de Curta Duração pelo DAAD em convênio com a CAPES na International University Bremen, Alemanha. É Professora Associada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF). Foi assessora da Sub-Reitoria de Ensino para Graduados e Pesquisa SR.2 da UFRJ, coordenando o Programa de Iniciação Científica de toda a Universidade (1993-1994). Foi também Diretora Adjunta de Pós-Graduação (2006-2007) e Diretora de Graduação do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ (2007-2008). Atualmente é Coordenadora de Graduação do IBCCF. Foi revisora de mais de vinte revistas científicas, dentre as quais: Journal of Comparative Neurology, Acta Zoologica, Chemosphere, Neuron Glia Biology, Brain Research e PLoS One (desta última é editora acadêmica). Tem experiência na área de Morfologia, com ênfase em Histologia, Embriologia e Neurobiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: ação de radiação ultravioleta sobre o sistema visual de crustáceos adultos e sobre processos iniciais do desenvolvimento de crustáceos, estudo de células gliais como precursoras de neurônios em modelos invertebrados adultos. Em vertebrados, estuda o efeito de exercícios físicos em modelo de Doença de Parkinson.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) (1991) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995). Trabalha na área de Micologia, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia celular de fungos, busca de novos alvos antifúngicos, interação fungo-hospedeiro e microscopia eletrônica. Atualmente, é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Chefe do Laboratório de Biologia Celular de Fungos, no Instituto de Biofísica Carlos Filho. A partir de 2013, assumiu a chefia do Programa de Biologia Celular e Parasitologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, UFRJ. É pesquisador Nível 1C no CNPq e Cientista do Nosso Estado na FAPERJ.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidad de Alicante (1994-1998), Doutorado em Microbiologia pela Universidad Miguel Hernandez (1999-2004) e Pós-doutorado pelo Albert Einstein College Of Medicine (2004-2009). Trabalhou como pesquisadora do Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO-RJ). Atualmente é professor adjunto do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Micologia. Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) e Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2.

  • Tem experiência na biologia de proteínas da matriz extracelular capazes de modular o comportamento das células e a organização tecidual durante o desenvolvimento e a regeneração do sistema nervoso. Em particular desenvolve estudos sobre a regeneração de lesões da medula espinhal através da utilização de células tronco mesenquimais associadas ou não a polímeros de uma proteína da matriz extracelular, a laminina

  • Possui Graduação em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (1986), Mestrado em Bioquímica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990) e Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Biologia Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: expressão e regulação gênicas de proteínas de choque térmico em Trypanosoma cruzi, reprogramação nuclear e células-tronco, polimorfismos e expressão gênicas em doenças cardiovasculares, e metagenômica de ambientes aquáticos e de solo. Faz parte da equipe do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na região Amazônica - INPeTAm.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1982) e doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988). Realizou os Pós-Doutorado no Dana-Faber Cancer Institute, Harvard Medical School (1994-1996). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, chefia o Laboratório de Parasitologia Molecular e é Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Biologia Molecular de parasitos e na sinalização celular de células infectadas por patógenos. Membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica INPeTAm, Atua principalmente nos seguintes temas: Leishmania, T. cruzi, GTPase, NF-kB e a via de sinalização dependente da cinase PKR.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Santa Úrsula (1986), mestrado em Biologia (Biociências Nucleares) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1991), doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), pós-doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997) e na Australian Water Quality Centre com o Dr. Andrew Humpage na área de toxicologia. Atualmente é professor adjunto IV da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e Coordenadora de Extensão do IBCCF. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecotoxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: microcistinas, cilindrospermopsina, saxitoxinas, bioacumulação, tratamento de água, metodologia e saúde pública.

  • Tem experiência nas áreas de Fisiologia, Bioquímica, Biofísica e Biologia Celular aplicados às Neurociências. Atualmente suas áreas de atuação são: Neurobiologia celular e molecular, regeneração do sistema nervoso e bioengenharia tecidual.

  • Possui graduação em Ciências Biológicas - UFRJ (1998), doutorado em Ciências Biológicas no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho-UFRJ (2004), e pos-doutorado no departamento de Química Biológica da Johns Hopkins University, EUA. Atualmente é Professor Adjunto do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho-UFRJ e Pesquisador do CNPq nível 2. Tem experiência na área de Glicobiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: 1. Sinalização celular envolvendo O-GlcNAc; 2. Importância de O-GlcNAc na tumorigênese; 3. Estudos sobre o metabolismo de glicose em câncer; 4. Estudos moleculares da interação protozoários parasitas-células hospedeiras.

  • Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1969), mestrado em Bioquímica e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1976) e doutorado em Bioquimica e Imunologia - Leeds University (LU), Inglaterra, 1981. Pós-doutorado na Universidade de Leicester, Inglaterra entre 1995-1997. Atualmente é prof Associado IV no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde leciona: Biologia Molecular nos cursos de graduação em Medicina e Ciências Biológicas (modalidade Biofísica); Tópicos em Bacteriologia nos cursos de graduação em Ciências Biológicas (modalidade Médica) e Ciências Biológicas (modalidade Biofísica); Regulação da expressão gênica em procariotos nos cursos de graduação em Ciências Biológicas (modalidade Médica) e de pós-graduação em Biofísica. Técnicas Básicas de Laboratório (Segurança Biológica) para a graduação em Ciências Biológicas (modalidade Médica). Co-responsável pela disciplina Eletroforese e Cromatografia, do curso de Mestrado profissional em Biofísica. Orienta Monografias de final de cursos de graduação, Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado e projetos de Pós-doutorado. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética Molecular de Microorganismos, Biologia Molecular, Biofísica Molecualr, Genômica e Proteômica e Lipidômica, atuando principalmente nos seguintes temas: Bactérias (Vibrio cholerae, outras especies de Vibrio, Gluconacetobacter diazotrophicus, Staphylococus sps e outras) e Parasitas.

  • Possui graduação em Faculdade de Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1974), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1976) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1978). Atualmente é diretor de projetos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia e Professor Titular da do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde chefia o Laboratório de Ultraestrutura Celular Hertha Meyer. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Protozoologia Parasitária Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: Trypanosoma cruzi, Tritrichomonas foetus, Toxoplasma gondii, Leishmania, Giardia. É também especista em Microscopia Óptica e Eletrônica, incluindo tomografia eletrônica.

  • Tem experiência na área de: Biofísica Ambiental; Biogeoquímica de poluentes e Ecotoxicologia na Bacia do Rio Madeira (Amazônia).