Laboratório de Imunobiofísica

     

     O Laboratório de Imunobiofísica foi criado em 1990 com o objetivo de estudar o sistema imune através de uma abordagem multidisciplinar e enfoque biofísico. Desde então temos estudado receptores e canais iônicos presentes em células do sistema imune e os mecanismos moleculares de indução de morte celular, especialmente aqueles que envolvem a participação de linfócitos citotóxicos. Para isso empregamos várias técnicas como cultura de células, microscopia de fluorescência quantitativa, citometria de fluxo, fracionamento celular e registro eletrofisiológico de canais iônicos (patch-clamp).

    Nos últimos anos nos concentramos no estudo de receptores P2 presentes em macrófagos, células dendríticas, e outras células. Estes receptores estão amplamente distribuídos em vários tipos de células e têm grande importância como moduladores do sistema imune, afetando processos tão diversos como a diferenciação de linfócitos, macrófagos e células dendríticas, apresentação de antígenos, atividade antitumoral e defesa contra agentes infecciosos, como os causadores da Malária, da Leishmaniose, da Doença de Chagas e da AIDS.

    Existem 15 receptores da família P2 descritos na literatura; 7 do subtipo P2X ligam-se principalmente a ATP extracelular, e 8 do subtipo P2Y ligam-se a diversos nucleotídeos como ATP, UTP, ADP ou UDP. Os receptores P2X são canais iônicos seletivos os cátions Na+, K+ e Ca2+, e os receptores P2Y sinalizam para o meio intracelular através de cascatas bioquímicas associadas a proteínas G.

    Nossas linhas de pesquisa atuais se desenvolvem em torno de duas vertentes principais: uma mais básica, envolvendo a caracterização biofísica e molecular desses receptores, e outra mais funcional, na qual aplicamos nossos conhecimentos básicos em diferentes situações de interesse imuno-patológico como apresentação de antígenos, vacinação, e a infecção por patógenos intracelulares como o vírus da imunodeficiência humana (HIV-1) e o protozoário causador da malária (Plasmodium).

    Além das atividades de ensino e pesquisa, também nos dedicamos à divulgação científica e à promoção de uma cultura de boas práticas de laboratório e biossegurança em ambiente de pesquisa da área biomédica.

 

CVLattes:

http://lattes.cnpq.br/4627223689671289

 

PubMed (Persechini PM):

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=persechini+pm

 

Espaço Ciência Viva:

http://www.cienciaviva.org.br

 

Núcleo de Boas Práticas de Laboratório e Biossegurança

http://bpl_biosseguranca.biof.ufrj.br/

 

Equipe

Chefe de Laboratório

Pedro Muanis Persechini

Docentes

Julieta Schachter

Pós-doutorandos

Paula Gabriela Quintana

Doutorandos

Barbara Andrea  Fortes dos Santos

Hercules Antônio da Silva Souza

José Ribamar Ferreira

Mestrandos

Gustavo Corrêa Mussel T. Prado

Marta Pereira SAntos

Gabriela Pimenta dos Reis

Maria Nathália de lira

Iniciação Científica

Aline de Oliveira Nogueira Costa

Danillo Pereira Dantas

Lincon Vidal

Matheus Muller

Michellle Duarte e Silva

Thais Faria de Souza

Filipi Videira Martins

Técnico

Hercules Antônio da Silva Souza

Programa: 
Imunobiologia
Chefe do laboratório: