Laboratório de Física Biológica

O laboratório de Física-Biológica é focado no desenvolvimento de ferramentas e métodos avançados, tanto teórico-computacionais como experimentais, para o estudo molecular dos processos biológicos. Estes métodos são aplicados principalmente ao estudo da interação de microrganismos com o meio ambiente, ou ainda com seus hospedeiros. Outros temas de estudos também são focados, como aplicações em biologia do desenvolvimento e regulação da expressão gênica em procariotos.

    As linhas de pesquisa do laboratório combinam bioinformática e biologia molecular no intuito de explorar os temas de regulação da expressão gênica e bioquímica/biofísica de proteínas no contexto da fisiologia de microrganismos e procariotos. São elas:

  • Desenvolvimento de aplicativos de bioinformática para anotação estrutural de sequências genômicas, metagenômicas, proteômicas e transcriptômicas em larga escala.
  • Desenvolvimento de novas ferramentas de modelagem e dinâmica molecular visando aplicações no estudo de  interações proteína-proteína  e no desenho racional de fármacos.
  • Desenvolvimento de métodos em microscopia de força atômica para imageamento e espectroscopia de força atômica de moléculas únicas.
  • Desenvolvimento de radiofármacos baseados em nanotecnologia.
  • Análise de mecanismos envolvidos na patogenicidade de Vibrio cholerae
  • Estudo da diversidade genética e respostas fisiológicas de cianobactérias potencialmente tóxicas por métodos moleculares.
  • Identificação e caracterização de fatores de virulência em Klebsiella pneumoniae que possam ser utilizados como alvos para o desenho racional de inibidores de virulência.
  • Estudo da morfogênese no desenvolvimento embrionário da Drosophila melanogaster.

    O nosso grupo tem estabelecido diversas colaborações, buscando aplicações tanto em Biomedicina como em Biotecnologia, através da colaboração com outros grupos do IBCCF e  de outras instituições do país e do exterior, como por exemplo com a Ècole Normale Superieure de Cachan na França e a Universitè Libre de Bruxelles na Bélgica. Destacamos nossa participação nas Redes RioGene, Rede de Proteômica do Rio de Janeiro, e várias redes GenoProt financiadas pela FINEP (Dengue, Vibrios, Leucemias e Fixação Biológica do Nitrogênio), além de nossa participação no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Biologia Estrutural e Bioimagens (INBEB).

 

Equipe

 Paulo Mascarello Bisch - Chefe de Laboratório

Docentes

 Gilberto Weissmuller

Pós-doutorando

 Nice Americano da Costa

 Francisco Lopes

Doutorandos

  Beatriz Patrício

  Daniel M. Leite

  Maira Arruda

  Marlos Monçores

  Pedro Renault

Iniciação científica

  Luis Fernando Hill

  Alanna Medeiros

Programa: 
Biologia Molecular e Estrutural
Foto_lab: 
Chefe do laboratório: