Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas – Fisiologia

Apresentação

     O programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas – Fisiologia foi criado em 1996 devido a uma demanda crescente por doutores na área de Fisiologia. Nesta época o Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho possuía inúmeros docentes trabalhando nas diferentes áreas da Fisiologia com contribuições relevantes na produção de artigos científicos e na formação de recursos humanos altamente qualificados. Os doutores formados foram absorvidos por diferentes Centros, ajudando a gerar novos grupos de pesquisa na área da Fisiologia. Estas características marcantes de formação, nucleação e produção científica foram o grande estímulo para que os docentes criassem a Pós-graduação em Ciências Biológicas-Fisiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e são mantidas até hoje como seus grandes pilares.

    A qualidade do Programa de Pós Graduação em Ciências Biológicas – Fisiologia é referendada pela CAPES que o recomenda com a nota máxima (7) desde o ano de 2010.

Áreas Temáticas e Linhas de Pequisa

    O Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas-Fisiologia conta com 43 orientadores credenciados distribuídos nas seguintes áreas da fisiologia: cardiovascular, endócrina, imunologia, molecular, neurobiologia, renal e respiratória As linhas de pesquisa desenvolvidas em seus laboratórios abrangem estudos em Fisiopatologia de doenças crônicas como: Nefropatias; Cardiomiopatias Isquêmica e Chagásica; Doenças do Trato Respiratório; Doenças Neuro-degenerativas; Disfunções Tireoideanas; Câncer; Obesidade; Imunologia das infecções parasitárias; Agressão por poluentes ambientais; Transtornos pós-traumático; Diagnóstico molecular de doenças endócrinas. Os estudos também buscam novas terapias para Silicose pulmonar; Asma; Cardiopatia isquêmica e chagásica; Cirrose hepática; Acidente vascular encefálico; e Glomerulopatias. Os resultados destes projetos são publicados nas mais prestigiosas revistas internacionais permitindo uma grande visibilidade para os avanços científicos gerados pelos orientadores e alunos do Programa.

 Formação de Recursos Humanos

     O objetivo central deste Programa desde sua criação em 1996 é a formação de Mestres e Doutores em Fisiologia que ocuparão posições de destaque no ensino e na pesquisa, em instituições públicas ou privadas, no país ou no exterior. Foram formados nestes 16 anos 163 mestres e 130 doutores, dos quais vários egressos participam de pesquisa e ensino em Universidades públicas e privadas. A liderança acadêmica e científica que é exercida pelos egressos do Programa demonstra com a proposta de formar Doutores que sejam cientistas criativos e geradores de novas tendências de pesquisa na área da Fisiologia está se realizando.  

        A pós-graduação em Fisiologia sempre adotou e difundiu a idéia de que pesquisa científica e ensino devem estar juntos. Segundo Carlos Chagas, “na universidade se ensina porque se pesquisa”. Imbuídos dessa filosofia nossos alunos de pós-graduação participam intensamente dos cursos de graduação, sendo a integração entre a graduação e a pós-graduação uma das principais características do Programa. Com a participação cada vez mais importante de alunos de Pós-graduação em atividades relacionadas ao ensino de Graduação (tais como a iniciativa de didática e monitorias supervisionadas por professores do Programa), houve maior estímulo ao ingresso de alunos de Graduação de diferentes áreas nos programas de Iniciação Científica. Este programa é um dos mais importantes na formação científica de nossos futuros pós-graduandos. Os professores do Programa de Pós-graduação em Fisiologia dedicam-se à formação destes estudantes proporcionando estágios em seus laboratórios e a formação científica adequada.

_______________________________________________________________________________________________________________________________

PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (FISIOLOGIA) EM NÚMEROS